sábado, 20 de setembro de 2014

“Galo, galinha e pinto e outras histórias” – impressões sobre a obra e um Concurso Cultural





VENTURA, João Antônio. Galo, galinha e pinto e outras histórias.
Rio de janeiro: Do Autor, 2014.

 
 
É impossível não concordar com o comentário de Adriana Kairos sobre o livro mais recente de João Antônio Ventura:
 
 
 
 

O Autor me havia dito que se recolhera em casa de sua irmã Rosa, em Maricá, RJ, a fim de se dedicar às ilustrações de seu Galo, galinha e pinto e outras histórias, livro que escrevera para crianças. Em momento algum sugerira, entretanto, que as histórias narradas seriam em forma de versos, o que consistiu, para mim, numa agradável surpresa, pois os primeiros livros com os quais tive contato, antes mesmo de saber ler (Chapeuzinho vermelho, Os três porquinhos, O patinho feio...) eram adaptações com rima e ritmo.
O grande contador de casos que o João Antônio Ventura é (e quem conhece sua obra anterior e as crônicas que publica em seu blog sabe disso) se manifesta na voz do narrador dessa obra deliciosa que conta com a presença de uma interlocutora: uma menininha esperta que critica – também em versos – o “causo” narrado e sugere novos encaminhamentos que se desdobram nos outros contos que povoam a obra:
“Abelhuda e o grilo cantor”
“A vaquinha Magnólia”
“Um grilo do campo na cidade” e
“A flor que queria ser mãe”

 
 
 
O resultado é encantador: um texto leve, melodioso, cativante, livre do tom didático de quem pretende “ensinar” algo às crianças, mas pleno da descoberta que caracteriza a visão de mundo dos pequenos e, assim sendo, doce, instigante, sonhador.
Os versos redondilhos, naturalmente sonoros, soam tão naturais que se eu tivesse que resumir a obra numa palavra usaria apenas uma que já citei acima: “deliciosa”. Em boa hora foi publicada, pois está mais que apta a ganhar o mundo e ser amada por uma multidão de leitores – e não apenas crianças.
Além de exímio contador de casos, João Antônio Ventura é um grande desenhista. Assim, as ilustrações da obra são um convite à parte ao mergulho na leitura. Para os pequenos, munidos de lápis de cor, podem ser um prolongamento do prazer das historinhas lidas/contadas/ouvidas.

  

CONCURSO CULTURAL

 
 
 
 
Tive o prazer de receber cinco exemplares de Galo, galinha e pinto e outras histórias para que lhes desse o fim que entendesse. Um é meu, autografado, outro doei à Biblioteca Municipal de minha cidade; os demais terão seus destinos definidos aqui:
  • Os seguidores deste blog que deixarem neste post um comentário em que contem uma experiência de leitura e/ou “contação” de histórias para crianças estarão automaticamente inscritos neste CONCURSO CULTURAL;
  • Os três melhores comentários – escolhidos pelo autor da obra e por mim – receberão um livro cada, que enviarei pelos Correios aos ganhadores;
  •  As inscrições estarão abertas de 20 de Setembro a 05 de Outubro e os resultados serão divulgados no dia 11.10.14 aqui no “minasdemim”;
  • Ao se inscrever, o candidato afirma concordar com este regulamento e com as decisões da equipe julgadora.
 
Participe, divulgue!
Conheça mais sobre a obra de João Antônio Ventura aqui e aqui.

Beijo&Carinho, 
Jussara Neves Rezende