terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

O africano que fumou a Bíblia


O texto abaixo não é meu. Eu o recebi de uma amiga, por e-mail, e o reescrevi para postá-lo aqui. Não posso afirmar sua veracidade. Não consegui nem mesmo comprovar se as personagens envolvidas realmente existiram, nem se existe de fato um livro publicado pelo missionário Jimmy Williams em que se narra esta história. Mas ainda que seja tudo ficção, posso afirmar que a experiência transformadora da leitura da Bíblia é muito real – eu a vivo diariamente!





Jimmy Williams, missionário americano, realizou muitas cruzadas no continente africano e em seu livro conta a impressionante história de um africano, Oman Bobaic, um negro de 2,02 metros de altura, que com seu testemunho marcou profundamente a sua vida.

Numa de suas viagens missionárias ao Zimbabwe, Jimmy Williams conheceu Oman e, como sempre fazia, ofereceu-lhe uma Bíblia de presente. Com a maior sinceridade o africano disse ao missionário que iria fumar a Bíblia, pois o papel era perfeito para preparar o mirrole (cigarrilha africana).

Apesar de consternado com a afirmação, Jimmy olhou nos olhos de Oman e disse com firmeza:
- Posso concordar com isso, mas com uma condição.
- Qual?, quis saber o negro.
- A de que você leia cada página da Bíblia antes de fumá-la.

Oman ficou pensativo. Em sua cultura trato era trato; se ele prometesse teria que cumprir de fato.
- Está certo – concordou afinal 
  Eu aceito. Vou ler cada página antes de fumá-la.

Numa cruzada evangelística no Congo, cinco anos após esse episódio, o missionário Williams reencontrou Oman Bobaic em meio a uma multidão. O negro, muito alto, acenava constantemente com as mãos para chamar a atenção do missionário. Este de fato procurou saber o que ele queria e chamou-o ao palanque onde ele proferiu este testemunho:

- Eu sou o homem que fumou a Bíblia numa cidade do Zimbabwe. Eu lhe disse que se você me desse a Bíblia eu iria fumá-la; mas aí você me desafiou dizendo que eu deveria ler cada página antes de fumar e assim eu fiz. Fui lendo e depois fumando. Li primeiro o livro de Gênesis e adorei as histórias. Depois li Êxodo, Números, Levítico, Deuteronômio... li e fumei todo o Velho Testamento. Quando comecei a ler o Novo Testamento algo começou a mudar dentro de mim. Eu não sentia mais vontade de fumar e comecei a chorar constantemente com os milagres de Jesus. Aquelas palavras foram entrando em meu coração, cada página ia mudando a minha vida. Li Mateus, Marcos, Lucas... No capítulo 3 de João, verso 16, li que “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho único para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Dobrei meus joelhos, levantei as minhas mãos para os céus e entreguei a minha vida ao Senhor Jesus. A partir daquele dia me tornei um homem completamente transformado.

Ditas essas palavras, houve um grande mover de Deus naquele lugar e muitas pessoas se entregaram a Jesus.




Beijo&Carinho,


Jussara Neves Rezende